Lugar Secreto

Retalhos de Silêncio

Textos

BOA NOITE CAMINHANTES E BUSCADORES...


Hoje estou um pouco fora do meu normal... passei o dia pensando que estou viúva há 11 longos anos.
Meu namorido, vitimado por um câncer de pulmão, diagnosticado já num estadiamento IV,  lutou por 10 meses, quando a oncologista havia lhe dado apenas 2 meses de sobrevivência, fazendo químio e radioterapias.
O que passei nesse tempo, só ele, eu, minhas filhas, minhas netas e o Universo, sabemos!
Foi uma longa e dolorosa jornada, até encerrá-lo sob 7 palmos de chão.
Fiquei sem meu nego, sem dinheiro, atolada de dívidas até a Alma… o câncer é uma doença muito cara, devastadora… acaba com sua saúde física e psicológica, suas economias, deixa você “arrastando uma cadelinha sarneta, amarrada por um barbante”… foi assim que me senti, quando acabei de enterrar meu esposo e vi minha conta bancária no vermelho.
Aos meus colegas que fizeram vaquinha pra me ajudar, minha gratidão é eterna.
Mas tive que, junto com minhas duas filhas e minha neta (c/2 aninhos), “comermos o pão que o diabo amassou e cozeu, nos fornos do inferno”.
Abdicamos de inúmeras coisas, para minimizar o impacto devastador. Uma das minhas filhas desistiu de um curso que lhe daria a oportunidade de conseguir um emprego maravilhoso: Análises Clinicas. A outra terminou o Bacharelado em Agronomia, a custa de imensos sacrifícios.
Todos os dias, muitas pessoas tem a vida ceifada por inúmeras doenças, das quais a ciência não descobre a cura... inclusive essa, a mais nova – A PESTE DO SÉCULO XXI... mas ganha rios de dinheiro vendendo remédios para uma sobrevivência, com prazo de validade.
Meu psicológico desabou, e transformou tanta dor, em dor física. Passei 2 anos quase paralítica, e só não morri, por que UM MÉDICO percebeu que se não mudasse o “tratamento” que estavam ministrando, meu coração não aguentaria muito tempo.
O que existe de nomes de remédios, não dá pra enumerar... cada um deles promete "minimizar" o problema, na realidade, o que acontece, é que desencadeia mais problemas, os quais arrastam consigo o consumo de mais remédios.
Ora, vejamos, gasta-se mais na Drogaria do que no mercadinho da esquina.
Penso que, se é pra viver nos alimentando do que compramos em Drogarias, por que a ciência não descobre alimentos que combatam as doenças?
Seria mais humano, não?
Nos sentaríamos à mesa, com nossos familiares, para nos alimentar com remédios, ou seria nos curar com alimentos?!
Mas... aí, tem um problema… as pessoas ficariam bem, e... deixa pra lá.
Vou comer inhame com ovo cozido, tomar chá de funcho com limão, que é melhor!
Bom apetite para mim... sim, e antes de dormir, vou tomar 10 gotas de extrato de Própolis Vermelha, comer uma maçã, escovar meus dentes com pó de juá, tomar um copo d’água, fazer 15 minutos de alongamento, autoaplicar Reiki… depois dormir!
Amanhã, logo cedo, tomo 3 copos de água, em jejum, 30 minutos depois, tomo 1 copo de sumo e 30 minutos depois, tomo o meu desjejum... 1/2 mamão papaia, 1 ovo cozido, 1 batata doce assada com alho, azeite, alecrim e orégano, ou uma tapioca com tomate, cebolinha, coentro, cenoura e cebola raladas e 1 dente de alho amassado, tudo refogado no óleo de côco.
Durante o dia, tomo 10 copos de liquido (já incluindo os 3 que tomei em jejum e o de sumo), intercalando: água natural, intercalando com água de coco, caldo de feijão, caldo de frango, caldo de canja, chá de casca de noz pecã, chá de cravo e canela, chá de Capim Santo, chá de Alfavaca, entre outros (todos com a combinação e a quantidade de dias certa para não se tornar veneno).
Nos lanches e na ceia... maçã, laranja, ou oleaginosas (castanha de caju, amendoim, avelã, amêndoa, nozes, castanha do Pará, tudo sem exagero).
No almoço... 1 concha de feijão (preto, fradinho ou outros), 2 colheres de sopa de farelo de aveia, uma sobrecoxa assada no forno, uma salada de bredo major gomes, ou um ensopado de taioba com uma posta de peixe (o que não tiver espinha demais)!
A noite... 1/2 banana cozida, mais 1 ovo cozido ou se me der na telha uma fatia de cuscuz de milho ou uma tapioca tão assada que quebro em pedacinhos (uma delícia)!
Agora, se eu resolver chutar o #paudabarraca "como até os guardanapos de Santa Pelonha"... traduzindo?
Deixa pra lá, que isso não dá pra dizer, pra não incentivar quem está de dieta fazer besteira, né?
Boa Noite, Bom Descanso e Sonhos Lindos para Todos Nós.
Pelo menos isso, ainda não nos cobram, por isso.
Adda nari Sussuarana
Enviado por Adda nari Sussuarana em 12/08/2021
Alterado em 12/08/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras