Lugar Secreto

Retalhos de Silêncio

Textos

O MEU SEGUNDO NOME É CORAGEM!

Hoje, 30.01.2021, ao acessar minha página do Facebook, me deparei com um texto falando sobre separação entre casais, e o sofrimento que isso causa. Li o texto, na integra.
Inicialmente imaginei que estava tudo certo. O texto falava de uma união imensa, dessas tipo -  Almas Gêmeas, ou coisa do gênero.
Continuando a leitura, fui, aos poucos percebendo que havia algo errado. Fiquei abismada com a inocência de ainda existir alguém que sonhe com um casamento do “felizes para sempre”!!!
Li comentários que me deixaram apreensiva. Em pleno século XXI, ainda existem meninas (mulheres) que se sacrificam, ao extremo, para que seus relacionamentos deem certo!
Não vai dar certo é nunca. Quando você pára de ser um ser humano, com todas as suas características preservadas, e se anula para agradar alguém… é bancarrota mesmo. Ninguém consegue ser feliz, realizando os sonhos alheios e  sabotando os próprios.
Li  um comentário onde a pessoa dizia: “por isso que vejo quando mulheres idosas ficam viúvas não querem mais ninguém para viver junto,elas renascem.”
Fiquei viúva aos 57 anos. Ativa, exercendo minhas funções, fazendo cursos e viajando a serviço da repartição onde trabalhava. Estou viúva há onze anos e aposentada há um ano. Adoro estar comigo mesma, apesar de que, seria maravilhoso que ele estivesse aqui, vendo nossas netas crescerem e se firmarem como pessoas, seres individuais que escolhem seu próprio caminho. Acompanhando o crescimento do neto e do bisneto, observando como são crianças totalmente diferentes do que fomos (ainda sou), do que e nossas filhas foram e são.
Desde criança, fui desafiada para atingir minha quintessência. Batia e bato o pé quando o assunto era/é o autorespeito.
As surras e os castigos nunca me amedrontaram ao ponto de me fazerem desistir de agir corretamente, de fazer o que era o melhor,  para mim.
Nunca tive regalias... filha de mãe solteira e de pai ausente, ou melhor, sem pai, até os 13 anos fui considerada uma órfã… de pais vivos.
Criada em Orfanato, onde vivi dos 4 até os 13 anos, interna, e dos 14 aos 17 anos, semi-interna. Até os 13 anos, via Minha Mãe, Meus Irmãos e Minha Avó, duas vezes por ano. Depois dos 14 anos, via todos os dias, porquanto minha mãe migrou do lugar onde morava e veio pro povoado, onde ficava o Orfanato. Daí, fui liberada para dormir em casa, durante a semana, e conviver com minha família, nos finais de semana.
Aos 21 anos, casei com um homem, que me desafiou até na hora de morrer!
Aprendi muito com ele.
Não por ele ser um professor/marido, mas por ser um “Personal Trainer” de extrema responsabilidade.
Sou movida a desafios, tipo: você não pode, não sabe, não consegue... não... aí eu me armo de coragem, igual um guerreiro medieval e parto para a "batalha" disposta a vencer, e venço, sempre!
Meu marido faleceu, vitima de câncer de pulmão, 01:00 do dia 16.04.2010. A minha dor, só eu sei a extensão. Pensei em morrer também, pois coragem de pular de um prédio de 5 andares, no meio de uma pista movimentadíssima, não me metia medo e, sem dúvida alguma morreria… da queda ou atropelada.
Mas, parei e lembrei que uma menininha de 2 anos precisava de mim, sou o provedor da minha família. Minha Neta, é, a 4ª face do Meu Anjo Guardião... o Amor que sinto por ela me salvou da morte certa.
Nunca temi "o outro lado da vida", até por que, se não lembro do "antes de nascer"... como vou lembrar do "antes de morrer"?
Tentei ir para lá por três vezes e, nas três, Amigos desconfiaram, me seguiram e me impediram.
Nessa quarta vez, foi o Amor Incondicional que sinto pelo Meu Pedacinho do Céu... https://www.recantodasletras.com.br/letras/5815588.
Sei o que vim fazer nesse Vale de Lágrimas e Dor. Inicialmente me recusava entender tarefa tão espinhosa, mas, como falou Martin Schulman, em seu livro “Karmic Astrology: the Moon’s Nodes and Reincarnation”, de 1977, Deus deu a cada uma das suas 12 crianças (12 signos), uma Missão.
É uma uma história muito interessante. Transcrevo abaixo, a parte que me toca, enquanto    Pisciana Solar e Ascendente, com Aquário Lunar.

“E disse Deus:
‘___ A você Aquário, dou a missão de abrir os olhos dos homens para novas possibilidades. Por isso terás o conceito do futuro e do amor fraternal. Sentirás a solidão dos que vivem à frente do seu tempo, pois não lhe permito personalizar Meu Amor. Viverás livre para que possas servir à humanidade renovando a Minha Criação. Para que faças um bom trabalho, dou-te a Provação da Rebeldia para dominares e, como bênção, concedo-te o Dom do PROGRESSO.’ E Aquário retornou ao seu lugar. Tendo como principal Característica a Originalidade, como Qualidade o Humanismo. Mas, se em todos e em tudo há dois lados… como defeito, Aquário desenvolve – o Radicalismo.”
Essa é a Minha Alma Imortal. Então, já sei no que trabalhar para aumentar, e no que trabalhar para diminuir, extinguir, se possível.

“E disse Deus:
‘___A você Peixes, não foi a toa que te deixei por ultimo, pois te dou a mais difícil de todas as tarefas. Peço-te que reúnas todas as tristezas dos homens e as tragas de volta para Mim. Tuas lágrimas serão, no fundo, minhas lágrimas. A tristeza e o padecimento que terás de absorver são os efeitos das distorções impostas pelo homem à Minha Ideia, mas cabe a ti levar até ele a compaixão, para que possa tentar de novo. Será tua a missão de amparar e encorajar a todos teus irmãos, fazendo-os acreditar que eles são capazes, e sempre podem tentar novamente. Por esta tarefa, Eu te concedo o Dom mais alto de todos: tu serás o único de Meus doze filhos que me Compreenderás. Mas este Dom do ENTENDIMENTO é só para ti, Peixes, pois quando tentares difundi-lo entre os homens eles não seguirão e poucos te escutarão.’
E entre todos, Peixes, foi o único que retornou ao seu lugar sorrindo carinhosamente para cada um dos seus onze irmãos, sabendo que cada um deles agora tinha se tornado parte da vida dele. Naquele momento ele já amava a cada um deles profundamente. E agradeceu a Deus tanta honra por missão tão difícil!”
Como principal Caraterística Deus me deu o “Dom da Sensibilidade” (elevada²). Como Qualidade Ele me deu a Doação nas Amizades e perante a Vida (elevada²), mas, como todos e tudo tem dois lados… tenho um defeito:  Tendência a fuga quando sofro (elevada²).
**************

“Então Deus completou:
‘___Cada um de vós é perfeito, mas não compreendereis isto até que vós doze sejais UM.  Agora vão!’
E as doze crianças foram embora executar sua tarefa da melhor maneira.”

Acontece que ninguém nasce com um Manual de Instruções de como ser, fazer, onde, quanto, quando, por quê… e vai. Aprende-se na marra. Fui buscando entendimento, procurando explicações em todos os “lugares”. E fui aprendendo. A Mestra Vida ensina de uma forma que nunca mais esqueceremos. Comigo foi/é assim.
Após as tentativas, frustradas, de escapar das tarefas… desisti. Agora, vou indo… e espero só retornar para Minha Casa, quando houver terminado o Meu Relatório.
Aho.
Adda nari Sussuarana
Enviado por Adda nari Sussuarana em 25/07/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras