Lugar Secreto

Retalhos de Silêncio

Textos

A PERGUNTA ERA…

“Quem não sabe povoar sua solidão, também não saberá ficar sozinho em meio a uma multidão. (Charles Baudelaire). O que vocês aprenderam sobre estar sozinhos ??”

A imagem que ilustrava o texto era de um rapaz, muito serio (me parecia triste mas determinado), vestido em uma roupa que, se não era preta, parecia muito. Tentei contar quantos blusões eram… talvez dois… três, parecia quatro e um deles tinha capuz.
O último… ou seria o primeiro? Bom, o blusão onde ele colocou as mãos era meio furta cor…
A frase de impacto, escrita sobre a foto, a partir da linha do chakra coronário dizia assim:
“Se não houver ninguém para segurar sua mão, coloque-as no bolso e continue a caminhada.”
Amei.
Aprendi fazer isso muito cedo, nessa Jornada.
Estou sempre acompanhada de pessoas pelas quais dou a minha vida.
Mas, nem sempre foi assim.
Daí, junto a Serenitude do haver aprendido estar em Paz comigo mesma, com a Paz de estar com as Pessoas que mais Amo nessa Vida, e fico de boa... procuro não interferir na vida delas, conversamos, passeamos, rimos e choramos juntas... mas, se tiver que ficar sozinha, outra vez, sei a "Receita da Solitude", de leitura "corrida" e soletrada, fazem décadas.
Saudade a gente sente, mas não morre.
Fica mais forte, a medida que o tempo passa!
Chorar lava a Alma.
Só não pode descambar para o desamor a si próprio.
Sabe uma pessoa da qual nunca senti, sinto e talvez nunca sentirei saudade, há 68 anos? Eu, porquanto estou sempre aqui, comigo.
As pessoas não são a Minha Felicidade, fazem parte dela, são um complemento mais que precioso, mas não são Ela, na totalidade!
É isso.
Adda nari Sussuarana
Enviado por Adda nari Sussuarana em 25/06/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras